11.10.2012

*


Já alguém daqui que se tenha cortado, de propósito?
Porquê? Quando? Continuam a fazê-lo?
Podem contar-me em anónimo, se tiverem vergonha ou simplesmente não gostarem de "mostrar" esse lado da vossa vida...

Não, eu nunca me cortei ;$

4 comentários:

Anónimo disse...

Eu já me cortei, admito. Tinha muitos problemas e eu não aguentava tudo. Ainda tenho esses problemas, mas já consigo ser mais forte, já consigo suportar a dor psicológica. Felizmente, os cortes não foram demasiado profundos, por isso não ficaram marcas visiveis (só olhando com muita atenção é que se consegue ver).
Os cortes são uma simples ilusão. Disfarça a dor e o vazio que sentimos, mas é temporário...e horrivel.

Jessy disse...

Eu nunca me cortei ;)
Beijinhos e bom fim de semana :)

Joana Pedroso disse...

tu cortas-te de proposito? :/

Anónimo disse...

Eu, foi o 10ºano, estava cheia de problemas, os meus amigos estavam todos a afastar-se de mim, não aguentava a pressão da escola, principalmente da minha D.T., que fazia tortura psicológica, e eu era fraca nesse aspeto, ia-me a baixo com tudo, sentia-me sozinha, não queria voltar ao tempo da escola primária e contar à minha mãe o que tudo se passava, e cortar sempre deu para aliviar um bocadinho a dor, para aliviar a ansiedade.
Eu comecei por cortar-me nos braços, mas notaram e eu na altura dei a desculpa do meu gato, então comecei a cortar-me na barriga, nas pernas para ninguém notar.